Uma vez Escuteiro para sempre Escuteiro

26-05-2017

Frase que transmite um ideal; um modo de vida. 

No entanto, é preciso acautelar, diferenciar esta forma de pertença entre dois tempos. 

O primeiro tempo no qual o escutismo molda o carácter do jovem e lhe inculca princípios religiosos, morais e éticos. 

O segundo tempo, aquele em que, agora como adulto, revestido dos valores induzidos no primeiro tempo, pauta a sua conduta como ser humano. 

É neste último que surge o ESCUTEIRO ADULTO. 

Ser-se ESCUTEIRO ADULTO não é um passatempo, uma almoçarada, nem apenas um encontro de velhos amigos com quem recordamos aventuras da nossa adolescência. Nem tem que ser "empurrado" para comparecer nas actividades. 

O ESCUTEIRO ADULTO não deve entender o voluntariado como algo a fazer-se, na hora que se quiser; do jeito que se quiser; quando apetecer; sem regras nem obrigações; porque se quer assim e pronto. 

Além do bom senso, há caminhos que têm que ser feitos com regras. 

Ser-se ESCUTEIRO ADULTO, é ser-se VOLUNTÁRIO; estar pronto para se ser solidário e generoso. É ser-se ESCUTEIRO ADULTO com Compromisso. 

B-P, na sua última mensagem, deixa-nos uma pista para sermos verdadeiramente ESCUTEIROS ADULTOS "o melhor meio para alcançar a felicidade é contribuir para a felicidade dos outros".

Ser-se ESCUTEIRO ADULTO é uma MISSÃO.